Resenha: Deixe a neve cair

Deixe-a-Neve-Cair

Incrível como percebemos como o mundo que é habitado por 7 bilhões de pessoas possa ser pequeno. Assim como pode acontecer na realidade, três grandes autores se juntaram e escreveram três contos de natais, e adivinhem, todos acontecem na mesma cidade.

Maureen Johnson, John Green e Lauren Myracle, nessa respectiva ordem,  escreveram o livro que contem três contos, e neles os personagens se encontrar, criando ligações através das historias.

O expresso Julibeu, começando pela Maureen Johnson, descreve o pré-natal de Julibeu, que recebeu o mesmo nome de um salão, mas não qualquer salão, o salão da cidade Fobie, essa cidade são enfeites de natais, e os pais de Julibeu são fanáticos por eles, e assim, deram o nome da sua única filha de Julibeu.

A fim de comprar mais um item colecionador para a cidade, seus pais vão para a convenção da cidade de Fobie, e acabam sendo presos, justo na véspera de natal. Julibeu então tem que ir para a casa dos avôs, deixando seu namorado para trás, que está muito ocupado com o natal e com a sua família. Pegando o trem, ela conhece Jeb, um garoto que está desesperado para telefonar para a namorada, mas não consegue. O trem, infelizmente fica preso por causa da forte nevasca, Julie, como prefere ser chamada, prefere ir até uma lanchonete à ficar presa no trem com um grupo de lideres de torcida, atravessa a nevasca e se abriga no waffles house.

Lá ela conhece Stuart, que lhe oferece para ficar em sua casa, assim, não passaria o feriado sozinha. Julibeu é bem recebida, a mãe de Stuart a adora, e lhe da toda atenção possível e acaba descobrindo delicado sobre seu novo amigo, sua ex-namorada o traia, e que ela é líder de torcida. Ela acaba descobrindo, com a ajuda de Stuart, que seu namorado não quer mais namora-la e ela fica arrasada, mas Stuart tenta anima-la e esse encontro acabou sendo mais magico do que teria sido se seus pais não tivesse presos e ela não estivesse presa na neve.

O milagre da torcida de Natal, John Green, três amigos estão reunidos assistindo Indiana Jones, dois garotos e uma garota, JP, Tobin e Duke. Os pais de Tobin ficaram em Boston por conta do trabalho e os voos foram cancelados por causa da neve, mas não o deixou chateado o fato de não passar natal com os pais. Durante o filme, eles recebem uma ligação de um amigo que trabalha na Waffles Houses avisando que estava cheio de lideres de torcida e que eram para eles irem para lá imediatamente e tinham que levar o jogo Twist, Duke não quer muito ir, mas acaba convencida por comer as batatas do local.

Na jornada, os três amigos tem que chegar primeiro que os amigos universitários e os irmãos gêmeos dos outros dois funcionários. O carro derrapa por uma rua, mas Tobin consegue os levar para cima de novo, mas depois de tudo, o carro fica preso na neve. Mas isso não os impede, eles pegam o jogo e começam a correr, eles enfrentam os gêmeos que entram em seu caminho. Tobin percebe que pode estar sentindo algo pela Duke, mas JP acha isso bem estranho, pelo fato de Duke parecer um homem.

Chegando a Waffles House, os três grupos de amigos chegam juntos, mas apenas um pode entrar. JP consegue chegar primeiro que todo mundo, fazendo seus amigos entrarem também. Jeb que ainda estava lá, perguntou se eles conheciam Eddie, e infelizmente não, mas se a encontrassem, passaria o recado dele a ela. Tobin descobre que Duke pode sentir o mesmo que ele esta sentindo, ele abandona as suas “chances” com as lideres de torcida para ficar ao lado de Duke.

O santo padroeiro dos porcos, Lauren Myracle, a ultima historia, Addie acaba traindo seu namorado, mas não foi a sua intenção, ela o ama e o quer de volta, está muito arrependida do que fez. Suas amigas Dorrie e Tegan tentam anima-la, mas Dorrie acaba falando que Addie só pensa nela e isso a deixa pior ainda, e para mostrar que ela esta errada, Addie fala que vai buscar os mini porco da amiga.

No dia seguinte, um dia depois do Natal, Addie tem que ir trabalhar, o Starbucks que ela trabalha é em frente ao petshop, mas conforme as horas vão passando, Addie acaba esquecendo de ir as 9h buscar o porquinho. Ela acaba se atrapalhando, derruba alguns cafés e suja todo o Starbucks, a garota que esta trabalhando com ela, da um tempo para resolver o problema. Assim ela vai até o petshop, mas o garoto que trabalha lá não gosta dela. Ela tem que enfrenta-lo e descobre que o porquinho havia sido adotado por outra pessoa. No desespero ela liga para o garoto que beijou e arruinou o seu namoro, ele a busca e tenta dar em cima dela, mas ela o descarta rapidinho.

Addie acha onde o porquinho está, e ele esta com uma velha senhora que frequenta ao Starbucks com frequência e que havia ido naquele mesmo dia, e Addie havia contado sobre o porquinho. A senhora só queria dar uma lição e que queria realizar uma tarefa de anjo.

Voltando para o Starbucks, Addie se depara com Stuart e Julibeu , ela fica surpresa por vê-lo com outra garota, ficando feliz por ele. Suas amigas logo chegam para pegar o mini porco, Tegan fica superfeliz, e ao mencionarem o nome da Eddie, Tobin relembra que tinha um recado para ela, que Jeb havia mandado.  Mas no momento em que o recado é dito, Jeb entra ao estabelecimento e vai de encontro a Eddie e responde ao e-mail que ela havia mandado na véspera de natal.

Incrível como em uma noite de natal possa haver tantos milagres, e apenas em uma pequena cidade na Carolina do Norte.

Este livro também foi de inspiração para criar este blog! hihi

Beijinhos e brigadeiros ❤

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s