Semana de moda em Londres Inverno/2016

Depois de passar por Nova York, vamos para a semana de moda em Londres, que também trás grandes novidades.

Barbara Casasola

A coleção trouxe uma brincadeira de impressão onde mostra o processo de vestir e de despir da mulher, com o jogo de casacos caindo dos ombros e sem blusa, os tecidos transparentes, ajudam nessa impressão. Ternos de alfaiataria traz um ar mais masculino ao look, as cores dessa coleção, são cores claras e neutras.

Simone Rocha

Inspirado na maternidade, na forma do corpo feminino durante a gravidez, e principalmente nas mães da era Vitoriana, a coleção é cheia de vestidos sobrepostos, assimetria e golas altas, com leves transparências. As cores lembram o século XIX.

Marque’s Almeida

Com uma pegada esportiva e ao mesmo tempo grunge, as cores diferentes. Xadrez, jeans desfiados. A inspiração veio dos Stylists fotógrafos, com as misturas de texturas e pesos.

Mary Katrantzou

Com uma pegada country misturada com a psicodélica, com muitas cores. As camisas recebem estampas do velho oeste, e elas são de modelos longas que fazem o papel chemises. Jaquetas de curo e casacos longos. O que impressiona mesmo, são as misturas das estampas.

Christopher Kane

Inspirada na americana Edith Bouvier Beale, que ganhou um documentário chamado “Grey Gardens”, a coleção apresenta lenços na cabeça, tecidos transparentes, e flores. As listras, estampas e texturas chamam a atenção.

Burberry

Com referencias dos anos 70 e do glam rock, e o militarismo. Da musica, veio a inspiração para o cabelo, em homenagem ao David Bowie, o brilho e lurex. Já as estampas são tenentistas e militares, principalmente nos casacões com bolsos utilitários e cores de uniformes.

Mulberry

Com o foco nas bolsas, elas aparecem com grande variedade, com vários tamanhos, cores e texturas, com diversas cores, assim como aparecem nos sapatos e nas roupas, que são feitos de lã e vestidos fluidos.

Vivianne Westwood

Sobreposições e rupas que são a casa de brechós fashions, com vestidos cara dos anos 80 e detalhes dos anos 90.

Alexander McQueen

Tema a noite e o sonho, o surrealismo à Schiaparelli, o boudoir e a moda festa, o black tie masculino e as fases da lua, até um unicórnio. A pegada é sensual, e com muitos detalhes, principalmente nas transparências, o rosa quartzo e o metalizado.

Topshp Unique

Os casacos pesados são o grande destaque desta coleção, com peles e tecidos estampados, alguns ganham a tendência militar, a maioria são sobreposições básicas como leggins e tricôs, a transparência também aparece, através das rendas.

Gareth Pugh

Ternos de alfaiataria ajustado com ombreiras, que constroem a liderança feminina, acessórios com mascara e maletas algemadas aos pulsos, as estrelas trazem um elemento gráfico ao desfile. As cores são mais neutras.

J.W. Anderson

Trás a ideia de traje para coquetel moderno, com exploração de volumes, formas exageradas e texturas. Minissaias com camadas com “relevos”, golas do tipo rufo de couro, blusões bufantes, além dos casacos com capuz de peles. Até calça jogging franzida com moletom de nylon bordados. Os destaques estão nos sapatos estilo avó, na versão do mule e bota de pico fino.

Beijinhos e brigadeiros ❤

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s