A polemica escola de princesas

20130829135549650256u

(Reprodução Escola de princesas)

Em outubro inaugurou mais uma franquia da escola de princesas em São Paulo, que antes só tinha em Minas Gerais, para ser sincera, eu não sabia que existia essa escola aqui no Brasil, e a principio, até saber como era de verdade esta escola, eu achei interessante, como sou muitooooo fã da Disney e dos contos de fadas, e sim, eu já sonhei em ser princesa, achei a ideia muito legal, até eu descobrir o que ensinam lá. Lembrando que é apenas meu ponto de vista.

Se você esta perdida como eu também estava, vou te explicar. A escola é para meninas de 4 a 15 anos, e lá eles ensina sobre culinária, atividades domesticas, etiquetas, como se portar a mesa, costura, como manter um casamento, e para as meninas mais velhas, eles ensinam sobre a sexualidade de uma maneira mais delicada e simplificada. A criadora da escola, Nathalia de Mesquita, alega que se a mulher sabe fazer tudo isso, ela é uma mulher completa, pois ela sabe administrar tudo e deixa a mulher mais forte.

Apesar da ideia da escola ser fazer apenas a mulher fazer essas tarefas, o que eu acho totalmente erada, em um mundo em pleno século 21 ambos os sexos devem fazer as tarefas de casa e proteger o casamento, se for querer casar, pois hoje em dia não são todas as mulheres que querem casar e ter filhos, elas podem sim ter essa opção, mas as atividades que eles ensinam podem sim ser uteis, mas para o sexo masculino também, e se for parar pra pensar, eles precisam mais dessas lições mais do que a gente. A mulher é automaticamente colocada em casa para ajudar a mãe, na minha casa mesmo, só tem mulheres e todas fazemos as mesmas coisas, mas antes dos meus pais se separarem, ele ajudava a minha mãe na faxina sim.

A mulher sempre faz mais coisas do que o homem, mas eu não acho que isso mostra que a mulher é mais fraca, pelo contrario, ela é mais forte, ela carrega um filho por nove meses, tem menstruação todo mês, usa salto alto o dia todo, cuida dos filhos, trabalha fora, estuda, e ainda cuida da casa, e o homem só trabalha fora, e alguns, ainda não são todos, infelizmente, ajudam em casa, então a escola deveria ser para os homens, ou ambos. Eu gostaria de saber costurar, assim poderia facilitar muito a minha vida, a escola nos ajudaria a se virar, mas a ideia dela, parece ser bem o oposto como eles o colocam.

Assim como o mundo mudou, as princesas da Disney evoluíram, se for pegar nos anos que as princesas foram criadas, podemos ver a evolução delas, as primeira podem não serem tão fortes, como a Branca de Neve, a Aurora, salvas pelos príncipes, mas e depois? A Bela salvou o príncipe com amor, A Mulan foi para a guerra como homem e se tornou um mulher importante na China, a Merida, a arqueira que não quer casar e sabe muito bem se virar sozinha, é isso que a escola deveria ensinar, quer ensinar as coisas de casa, tudo bem, desde que ensine a menina a lutar, a se defender, a ser independente, e não como manter um casamento e esperar pelo príncipe encantado.

Há uma escola “desprincesamento”, o escritório de Proteção de Direitos da Infância de Iquique, no Chile, é onde surgiu essa ideia, lá eles ensinam em seis módulos de defesa pessoal e aulas de como ser mulher nessa sociedade, a ideia é fazer a mulher forte e mostrar que ela não precisa de um príncipe, o que é superverdade, a escola também é só para as meninas.

Ambas as escolas querem fazer as mulheres mais fortes, apesar de serem de métodos bem diferentes, mas imagina que elas fossem uma só, e para meninas e meninos? Se eles convivem juntos no dia a dia, eles não deveriam saber as mesmas coisas e fazer as mesmas coisas? Como trabalhar fora, cuidar de casa e cuidar de si mesmos, e mudar o nome da escola, pode ser “Escola faz tudo” ou “Escola da vida” sei lá, mas uma escola que ensinasse a não depender de ninguém e para ambos, nessa escola, eu entraria.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s