Resenha do livro: Para sempre

img_8789

Páginas: 144

O livro é escrito por um casal, Kim e Krickitt, baseado em um acontecimento, no caso, tragédia, que aconteceu com eles, e sim, tem um filme.

A historia, que é de fato real, é sobre um casal que se conheceu e se casaram, meses depois do casamento, eles sofreram um acidente horrível, onde Krickitt bateu a cabeça e ao acordar, não se lembra do marido, triste.

No livro vemos detalhadamente todo o processo, o livro não é grande, mas metade dele se passa no hospital, onde acompanhamos as cirurgias, tratamentos dela, confesso que me cansei do livro, metade dele só nisso cansou, quase desisti de ler, mas queria saber o que viria acontecer.

Tudo começa a ficar interessante quando ela acorda e quer voltar a vida, apesar de voltar para a casa dos pais, reencontra o ex-namorado, e viver como vivia há dois anos atrás, já que perdeu a memoria de dois anos de sua vida.

Kim tenta fazer de tudo para reconquistar a mulher que ama, isso é a parte bonita da historia, ainda mais por saber que realmente aconteceu tudo isso, mostra como o amor pode ser forte e fazer a pessoa lutar, não vemos muitos casais, ou pessoas fazendo isso hoje em dia, então é legal ver que certas pessoas ainda lutam pelo amor, e não é fictício.

img_8796

Apesar de não ter gostado tanto assim de ler o livro, por achar ele cansativo, a historia em si é muito boa, sempre prefiro os livros, mas neste caso, o filme é mais atraente, já que os acontecimentos do hospital acontecem em dez minutos e não metade do filme, mas vale a pena conhecer a historia desse casal que pode ser inspiração para muitos.

Anúncios

Tendência que veio do oriente: Quimonos

Como sabemos, os quimonos é o ocidente, uma peça bem tradicional lá que foi reinventada varias vezes, já foi feita com vários tecidos e modelos e hoje, eles saíram do oriente para o ocidente.

Os quimonos são leves e fluidos, ótimos para épocas como o verão e primavera, mas se for de um tecido um pouco mais grosso, ele pode substituir um casaquinho no inverno. Mas como estamos na estação de calor, a peça combina mais.

Por ser uma peça leve, ela dá um charme para o look, aposte no básico, como uma camiseta e jeans, que alias, são a maior aposta para combinar com o quimono, calça e shorts jeans, é sem erro. Os quimonos podem ter franjas, cores, estampas tudo bem colorido, uma ideia é combinar a estampa da calça com a do quimono, fica uma graça.

lily-sarty-1019x680

A peça é tão livre para serem usadas de muitas formas, as pessoas estão usando ela como saída de praia, e cria um look bem praiano lindo, é uma boa forma de apostar nos quimonos, ainda mais se você for daquelas que não sabe muito bem como usa-lo, aqui está uma dica sem erro.

Decorando com taxidermia fake

Antes de me criticarem, leiam o post inteiro!

A taxidermia é algo popular na Europa, a cabeça do animal caçado é posto na parede como forma de troféu de caça, violência e ainda por cima, para muitas pessoas, algo horrível de se fazer, eu mesma sou contra esse tipo de pratica, apesar de eu ainda não saber se teria coragem ou não de colocar uma cabeça de animal FALSA na minha casa.

cabeca-organizadora

taxidermia-na-decoracao7

Como sou contra a matar animais para fazer qualquer tipo de coisa, a pessoas criam coisas para tudo, inclusive a taxidermia fake, e elas são até que bem bonitinhas, e o melhor, não parecem cabeças de animais de verdade, o que deixa melhor ainda, assim é só um enfeite para a casa.

taxidermia-na-decoracao3

taxidermia-na-decoracao5

A gente pode encontra feitas de madeiras, MDF, e até de gesso, e se não se sentir a vontade com as cabeças de animais reais, pode optar pelas de animais místicos, como o unicórnio, que é a minha preferida até agora. Os modelos variam muito, e como eu disse, não parecem nada realista, eles tem formas geométricas e são tudo artesanal.

Muitas pessoas ainda devem ser contra a este tipo de decoração, eu ainda não sei se aprovo ou não, já que representa a cabeça de um animal, mas se levar em consideração que não faz mal nenhum aos bichos e podemos escolher animais que nem existem, é algo tão ruim assim?

Resenha do livro: Maze Runner, A prova de fogo

img_8800

Páginas: 397

O segundo livro da trilogia Maze Runner de James Dashner, que também já tem filme, não chega a ser tão bom como o primeiro, mas é interessante. Depois que eles saíram do labirinto, eles estão em um deserto, e se você acha que os desafios acabaram, esta engando, muita coisa esta por vir.

No deserto, mais pessoas estão contaminadas, o risco que eles correm é maior do que dentro da Clareira, eles são obrigados a deixar alguns para trás e alguns são até traídos, de forma triste e real, apesar de explicar depois o motivo, não deixa as coisas mais fáceis.

Eles encontram um grupo igual ao deles, mas ao contrario, no lugar de ser vários meninos com uma menina, são varias meninas com um menino. Assim como Thomas e Teresa podem se comunicar por telepatia, Aris podia fazer o mesmo, mas a garota por quem era conectado, morreu, mas seus poderem podem ser usados com Thomas e Teresa.

IMG_8807.JPG

As pessoas que estão contaminadas com o vírus, são chamadas de Cranks, pessoas loucas, sem consciência do que fazem. Eles conhecem Brenda e Jorge, eles prometeram ajuda Thomas e seu grupo a chegar ao fim do deserto e assim para eles também conseguirem uma cura.

Durante todo esse processo, vamos descobrindo mais sobre os personagens, cuidado com Teresa, ela vai mostrar um lado que não conhecemos, e vamos querer matar essa garota, mas vamos deixar ela se explicar, ok?

O livro não é cansativo, mas não é tão interessante como o primeiro, é só uma passagem do primeiro para o ultimo, na minha opinião, é o mais fraco dos três, mas pode ser essencial para entendermos o terceiro, muita coisa muda, os personagens mudam é algo chocante de ser ler.

Resenha do filme: Moana: Um Mar de Aventuras

open-uri20160812-3094-p8x4dd_05e53f81.jpeg

O ultimo filme de princesa lançado pela Disney trás a historia da Moana, o filme foi dirigido por John Musker, Ron Clements, foi lançado no ultimo dia 5, e está lotando as salas de cinema.

A princesa que não é uma princesa de verdade, ela é filha do chefe de uma ilha, ou tribo, e ela tem que ficar na ilha para conseguir guiar seu povo, mas ela é atraída para o mar e quer navegar, mas seu pai não a deixa. As aguas e as terras foram amaldiçoadas quando um semi-deus roubou o coração de uma deusa, o coração da natureza, e quando ele faz isso, a terra fica em perigo.

Depois de anos, as terras pioram e alguém tem que ir atrás de Maui, o semi-deus e fazer ele devolver o coração. Obvio que seria a nossa princesa Moana a escolhida para isso.

O filme é cheio de aventura e muita diversão, é bem diferente do que estamos acostumados a ver nos filmes de princesas da Disney. Não temos castelo, não temos príncipe e muito menos historia de amor, a não ser pela família.

A Disney com seguiu expandir e explorar outros lados de contos de fadas que ainda não havíamos visto, é muito emocionante como eles fizeram tudo, além de que tudo é muito lindo, da vontade e entrar no filme.

O legal é a mens agem que ele passa, principalmente para as meninas, que antes eram vista como apenas uma pessoa que precisava de um príncipe e ser salva, mas desta vez, é ela que salva a todos, ela é forte, ela luta pelo que acredita, é líder e consegue o que quer, apesar de ser apenas uma mortal, ela faz tudo o que é preciso ser feito, é uma personagem inspiradora e cheia de vida.

Moana é uma princesa que deve ser vista por todos e ser um ótimo exemplo para o mundo, pode ser um filme da Disney e de criança, mas qual é, é Disney, sim eu amo a Disney, amo todas as princesas, mas é bom ver uma a qual se encaixa na nossa realidade e que possa fazer a diferença, então, assistam!

Motivos para assistir SuperGirl

supergirl

Estou viciada em séries de heróis no momento, ainda mais com esses crossover que acontecem entre as séries Arrow, The Flash, D.C. Legends Of Tomorrow, não podemos de deixar de assistir nenhuma delas para poder acompanhar tudo, apesar de SuperGirl ser a que menos entra nas outras três séries, mas sim, temos Flash antes e depois todas elas juntas, mas vamos falar de supergirl.

Feminista

A série fala muito sobre as questões feministas, primeiro, a heroína é uma mulher que tem os mesmo poderes que o superman, e saiba, que a SuperGirl é mais velha que o Superman, mas quando ela veio para a Terra, a sua idade manteve a mesma e na série, ela é mais nova, meio confuso. A chefe da Kara é chefe de uma das maiores empresas, ela é considerada uma das pessoas mais fortes, e é mulher. Na série defende muito as mulheres e mostram como elas lutam para conseguir os direitos de tudo, é inspirador para nós mulheres e um exemplo para os homens verem como é a nossa vida.

Vida real

motivos-assistir-supergirl-loucos-por-netflix-2

Apesar dela sair salvando o mundo, Kara, diferente da SuperGirl, luta para sobreviver ao trabalho e aos romances que aparecem em seu caminho, podemos ver como não é fácil para ninguém, nem mesmo a SuperGirl.

Machismo

Se você pensa que essa série é para os fracos, nem pense, a série mostra a luta das mulheres em relação aos homens, e aqui, eles não tem chance, as mulheres dominam tudo, desde agente secretas a mulheres empresarias, é muito bonito de ver, a série no primeiro episodio me encantou e me identifiquei desde o começo, os homens deviam assistir e ver que o mundo já não é o mesmo

Personagens

151211-news-supergirl

Assim como qualquer super-herói, eles precisam de uma equipe, ela tem dois grandes amigos, uma irmã e uma agencia secreta que ajuda em suas conquistas, na segunda temporada, temos o SuperMan, uma aparição especial, apenas dois episódios, mas isso mostra como o homem e a mulher lutam bem juntos e não separados. Os personagens são fortes e surpreendentes a cada episodio você descobre um segredo de cada um.

Efeitos

Os efeitos especial são incríveis, são muito realistas e deixa a série ainda melhor, é tudo muito bem feito e bem criativo, se continuar melhorando, a série pode se tornar de outro nível, o que eu já acho pelas questões que ela provoca na sociedade.

Ser garota não é ruim

supergirl_0

Eu tenho 19 anos, não consigo me dizer mulher, não sei se é porque não sinto que cresci tanto assim para isso, mas na série vemos que isso não é ruim, não é ruim ser garota, quando lhe dão o nome de SuperGirl, Kara questiona, e olha o que acontece:

– SuperGirl (garota)? Nós não podemos chamá-la assim. É uma heroína feminina! Não deveria se chamar SuperMulher? Se a chamarmos de algo menor do que ela é, não estaremos militando contra o feminismo?

E a chefe responde:

– O que tem de tão ruim em “garota”? Eu sou uma garota. E também sou chefe, poderosa, rica, sensual e inteligente.

A série é inspiradoras para nós mulheres, apesar de ter certeza que a maioria do publico deve ser mulher, é bom que ver varias mulheres ou garotas, se identificam e se inspiram nessa super-heroína, seria muito bom se mais homens assistissem também, então é por isso que eu estou pedindo aqui, você leitos do sexo masculino, assistia esta série, vamos se tornar um time único, sem preconceito e sem separação gêneros.

Faça uma taça de sorvete recheada

Estamos no verão e o que melhor do que um bom sorvete para refrescar? Graças as grandes inovações na culinária, hoje temos a taça recheada, uma das oito maravilhas do mundo e além de deliciosas de mais, são tão bonitas, e você ai querer comer muito nesse calor. Separei umas das receitas mais deliciosas para você fazer em casa com os amigos e curtir muito esta estação.

Taça Kinder

mg_0030-1140x760

(Foto: dupla gourmet)

Vamos combinar que o Kinder Ovo é caro, mas é muito bom, imagina uma taça com esse sabor, sonho se tornando realidade, essa é com certeza a minha favorita.

Taça de churrosTaça de churrosTaça de churros

taca-churros

(Foto: Blog do bom gostoso)

Churros e sorvete, chega até encher a boca de água, e com doce de leite então, não aguento, não e nada difícil de fazer e é uma delicia.

Taça de chocolate divertidaTaça de chocolate divertida

taca_chocolate_divertida

Imagina uma taça comestível e se for de chocolate, melhor ainda, sempre quis comer aquelas taças que alias, tem muito no instagram, e agora podemos fazer a nossa, e fácil e não precisa de muito, sabia?

Avalanche na taça

70jw4h3g2ri015ajfy29okfck

Esse é o tradicional sorvete na taça que conhecemos, e é uma delicia, chocolate, chantilly, castanha, só coisa boa, e a decoração dela é tão deliciosa quanto o que tem dentro.